Fandom

Wiki Creepypasta Brasil

Violência

1 828 páginas
nesta wiki
Adicione uma página
Comentários0 Compartilhar

À partir do momento em que nascemos, somos recebidos pela violência. Muitas vezes, para despertar em nós a natureza do mundo, com a dor pungente afiada que nos leva a gritar enquanto nos encontramos arrancados da segurança do útero e jogados no mar de caos que conhecemos como a realidade. À medida que crescemos, aprendemos a diferença entre o certo e o errado, mas a gente sempre tem o desejo de fazer o que nos foi dito para não fazer. Quando será que vai nascer o homem que não tenha cometido nenhum ato de base degenerada simplesmente porque ele tem a opção de fazer? Quem entre nós pode verdadeiramente dizer que não fizemos algo assim, ou pelo menos, contemplamos a mais vil das coisas, mesmo que apenas por um momento?

Dentro de cada um de nós há um monstro, uma criatura que se agarra e procura destruir tudo à nossa volta. Quando este monstro invisível já não pode atacar os outros, ele começa a nos consumir por dentro, como um parasita que devora seu hospedeiro. A voz que nos degrada continuamente, que cospe em nossa face e enche os nossos sonhos de pavor e medo. Há alguns que dizem que este monstro não é real, outros o chamam de Satanás e tentam nos dar conforto em orações vazias e rituais antigos, mas ainda que nós fechemos os nossos olhos, ainda podemos ver a mesma escuridão. Podemos ver o reinado da besta que se esconde por dentro de nós.

Para alguns o monstro dentro é muito forte, os fazendo ceder, e então, para o mundo exterior essas pessoas se tornam assassinos loucos e pervertidos. No entanto, para aqueles que conhecem a verdade, essas pessoas são apenas os fantoches do monstro escondido dentro de todos nós. Para outros, a luta contra o demônio interior é algo maior, psicológico, o que os leva a descobrir e a mergulhar no abismo, e assim, o abraço agridoce da morte os liberta do quente abraço de inferno, pois, finalmente, eles podem ir para aquele lugar tranquilo onde ninguém sente dor.

No entanto, o. E sim nós, os vivos. para aqueles que ficaram vivos, a batalha continua, estamos condenados e este mundo é o nosso purgatório. Nós não estamos mortos, pois não são os mortos que devem temer o Inferno,somos nós que devemos sofrer as provações do inferno. O demônio de dentro de nós que continuamente nos empurra para a nossa própria desgraça. Podemos orar por salvação, no entanto, ela nunca virá, pois já estamos condenados, e a única saída é a morte. O monstro dentro de nós conseguiu nos enganar e fazer com que a nossa única saída seja considerada algo terrível e desumano. Pois a morte é o grande conforto, o caminho para a liberdade. Pois na escuridão nascemos, e para a escuridão deve finalmente voltar, para aquele lugar calmo onde ninguém sente dor.

Créditos: Lua Pálida

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no Fandom

Wiki aleatória