FANDOM


Oi, gente. É a Luna919. Está aqui mais uma creepypasta pra vcs. Aproveitem. Me deêm ideias de histórias nos coments, ok?  .............................................................................................................................................................................................................................................................................................................................. Stalker. Perseguidor, em inglês. Muitas pessoas sofrem com essas pessoas obcecadas com as outras, seja positivamente ou negativamente. Duda estava passando por esse problema. Ela era uma garota de cabelos e olhos castanhos, tinha uma mecha branca em seus cabelos na altura dos ombros, óculos, tinha 5 furos na orelha e um piercing no lábio inferior. Você deve estar pensando: uma garota com tal aparência deve ter de seus 17 a 23 anos. Por mais incrível que pareça, ela tinha 12 anos. Estranho, não? Imagina para seus colegas de turma. Duda podia ter essa aparência sombria, mas era uma garota como qualquer outra. Gostava de Metallica e Iron Maiden, mas também era apaixonada com Ed Sheeran, Rihanna e Beyoncé, tocava guitarra, mas também tocava piano, usava blusas escuras com jaquetas de couro, acompanhadas de uma saia e botas. Sempre arrumada e bonita, levava muitos garotos aos suspiros. Porém, tinha um pequeno problema: ela tinha um perseguidor. Um garoto de má índole, Caio, a pediu-a em namoro, e foi rejeitado. Desde então, o garoto não a deixava em paz. A seguia aonde fosse, até sabia seu endereço. Uma noite, quando estava voltando para casa de uma saída com as amigas, Duda olha para trás, e nem sinal de Caio. Contente, ela corre para casa e voa para seu quarto. Eram 11:00 da noite. Duda estava dormindo, quando ouve um barulho vindo da cozinha. Ela esfrega os olhos e desce as escadas. Ela olha para a silhueta de um adolescente, com um machado na mão. Caio. Dá rapidamente um passo para trás. Ele sorri e fala: "Vamos brincar de esconde-escondo, está bem,bonitinha?". Duda choraminga e fala: "Por favor, Caio....Não...."Ele sorri e continua: "Vou contar até 10, para você se esconder. Pode ser em qualquer lugar da casa, mas, se você fugir ou chamar a polícia, eu vou atrás de você. Combinado?" Duda balança a cabeça e Caio começa a contar. Duda sobe as escadas correndo e vai para seu quarto e entra no armário. Quando a contagem terminou, Caio subiu as escadas e parou na porta do quarto dos pais de Duda e trancou eles lá dentro. Depois, parte para o quarto de Duda. Ele bate na porta e fala:" Linda, vou entrar. E, desta vez, vai ser sem a sua permissão...." Caio chuta a porta e anda vagarosamente no quarto. Olha embaixo da cama e começa a vasculhar os lugares em que ela poderia estar." Quando eu te encontrar, eu não só vou te matar, Duda. Antes, eu vou fazer você entender que nascemos um pro outro, e você vai sofrer muito por mim quando for sua hora..." Ele finalmente para em frente ao armário, e o abre. "Achei você..." Nisso, Caio entra no armário, joga Duda no chão e empurra seus lábios nos seus. Em seguida, começa a tirar suas roupas. Ele a molestou a noite toda e, depois, a matou. Fez um corte em sua garganta e arrancou seus olhos. 2 anos depois, o caso de Duda foi esquecido. Caio tinha fugido de casa e, sendo o garoto de má índole que é, Caio vivia bêbado. Eram 00:00 da madrugada. Caio estava saindo de uma boate, e estava muito bêbado. Viu uma garota seminua num beco escuro. Ele sorriu e disse: "Ei, gata....Qual é o seu (soluço) preço?" A garota estava com os olhos tampados e fala: "Me diga você...Quanto você me pagaria?" Caio mostra duas notas de cem. A garota sorri. "Vem aqui, vem...." Caio cambaleia até o beco e fica bem perto da prostituta. Ele, antes de mais nada, a agarra e coloca suas mãos em sua cintura. A garota põe suas mãos no peito. "Por que você não tira seu cabelo do rosto? (soluço)" Ela sorri e tira sua franja de seu pálido rosto, dando a Caio uma visão de terror e psicose. A garota não tinha olhos, e tinha uma marca de uma facada aberta em sua testa. Caio cai para trás e grita por ajuda. Um homem vem acudí-lo. " O que houve, rapaz?!" " Veja! E-ela não tem olhos, e tem uma facada no meio da testa, que a-ainda está aberta! Ela veio me matar" Caio estava apontando para o meio do nada. O homem suspira e levanta o garoto, e, em seguida, lhe indica um hotel bem barato.

A partir desse dia, Caio teve inúmeras visitas de Duda, e, sempre que pedia ajuda, ele sempre era taxado como louco. Não demorou muito para ele ser jogado em um hospício. Passou sua vida inteira alegando que Duda era real, sem nem, almenos ser ouvido. Mesmo no hospício, a fantasma não teve piedade. Um dia, Caio foi achado morto. Facada na testa, facada no pescoço e olhos arrancados. Você persegue alguém? Segue alguém ou a perturba obsessivamente? Eu se fosse você, pararia com isso. Nós colhemos o que plantamos. E não queremos acabar como nosso amigo, não é 


Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória