FANDOM


Sophie.

A mãe de Sophie sempre dizia para ela não sair tarde da noite para fora de casa pois era perigoso, mas dessa vez ela precisava ir contar pessoalmente ao seu amigo a grande noticia, ela ia apenas virar a esquina e andar mais alguns metros até a casa dele, um trajeto que ela já estava acostumada a fazer.

Sophie tinha 13 anos. Cabelos escuros e era sempre sorridente e gentil com todos, a vizinhança toda se alegrava quando via ela passar, mas mesmo assim tinha poucos amigos e por um em especial ela tinha um afeto maior, ele se chamava Nick, um garoto muito tímido que ajudou Sophie em um dever de casa uma vez e logo se tornaram inseparáveis. Porem nos últimos dias eles andavam meio tristes, a mãe do Sophie descobriu uma traição de seu marido e logo elas teriam de se mudar para outro estado e Sophie não veria mais o amigo.

Voltando a saída de Sophie tarde da noite, ela veste seu moletom preto e sai correndo para a casa de seu amigo, mas logo virando a esquina ela se depara com três garotos que tinham por volta de 17 e 18 anos e eram famosos no bairro por serem perigosos, ela passa de cabeça baixa rezando para eles ignorarem ela, mas logo quando ela acha que se safou um deles a segura pelo braço:

- Aonde você vai tão tarde da noite mocinha? Não sabe que é perigoso andar sozinha à noite?

Ele olha para os seus amigos e todos soltam uma risada de leve:

- Eu acho que ela esta precisando de uma carona certo rapazes?

Eles a puxam pelo braço e a colocam dentro do carro, logo que ela pensa em pedir socorro um deles tira uma arma da cintura e diz:

- Seja uma boa menina, vamos apenas te levar para brincar um pouco!

Sem nem mesmo perceber ela leva uma pancada na cabeça e logo desmaia.

...

Sophie acorda meio zonza e olha em volta, ela estava numa espécie de galpão antigo com seus braços e pernas amarradas e ela estava completamente nua:

- Olha quem acordou Eric. A nossa pequena bela adormecida!

- Bom dia, estávamos esperando você acordar!

Ele se senta perto dela e passa as mãos pelo seu corpo, ela tenta falar alguma coisa, mas percebe que esta amordaçada:

- Não faça barulho minha pequena, não queremos que os vizinhos te escutem!

Ele logo começa a se despir e sobe por cima dela:

- Apenas feche os olhos e durma! Acho que você não vai querer ver isso!

Eric solta uma risada e logo começa a abusar dela, a garota fica imóvel e a cada movimento dele mais e mais lagrimas escorrem dos seus olhos, seu mundo começa a escurecer e ela se esquece de como ser alegre, e bem quando todos os seus sentimentos estão escuros e tristes ela olha o seu reflexo em um pedaço de metal jogado no canto do galpão e vê seus olhos totalmente escuros.

A garota foi achada dois dias depois, há 20km de sua casa, durante toda a viagem ela não disse nenhuma palavra e ninguém se atrevia a questionar o que havia acontecido com ela, quando ela chegou em casa viu sua mãe esperando na porta, ela correu e abraçou a mãe chorando:

- Venha minha filha, eu vou cuidar de você.

Logo depois de tomar banho a garota se sentou ao lado de sua mãe e lhe contou o que aconteceu, sua mãe ouviu tudo e apenas confortou a filha:

- Eu lamento que isso tenha acontecido com você, mas nos vamos superar isso juntas meu amor, amanha eu te levarei no médico para ele examinar seus olhos, mas por enquanto apenas feche os olhos e durma.

Sophie ficou pensando nessa ultima frase que sua mãe disse e como ela soava confortante:

- Você passou por algo que ninguém devia passar meu bem.

Ela ouviu as palavras doces de sua mãe e então sussurrou:

- Eles também iram passar por isso!

...

Sophie é colocada na cama, mas ao invés de dormir, ela abre a janela e sai escondida de casa, o primeiro lugar que ela vai é a casa de Eric.

Ela sabia o caminho, pois já conhecia os pais dele, chegando a frente a casa ela entra sorrateiramente pela janela, o cachorro da família a reconhece e por isso não late, ela vai ate a cozinha e pega uma faca e então lentamente sobe as escadas na direção do quarto dele.

Ela entra em silencio e se senta ao lado da cama dele, ela o encara durante quase meia hora e então ela crava a faca na sua garganta, ele tenta gritar mas o enorme corte o impede disso, ele olha para a garota ao lado de sua cama que estava sorrindo para ele com seus olhos mais escuros que o próprio inferno:

- Silencio garotinho, não queremos que os seus pais escutem nossa brincadeira!

Ela retira a faca da garganta dele e crava na sua barriga, cortando até bem próximo do peito:

- apenas feche os olhos e durma, você não vai querer ver isso!

Ela coloca a mão dentro do garoto e segura seu coração que vai batendo cada vez mais lentamente.

...

Logo ela parte para a casa Chris, ela não sabe ao certo onde ele mora, mas conhece a rua e sabe que ele chega sempre tarde em casa, ela se senta e espera até o carro parar na frente da casa, Chris sai do carro e caminha até a entrada de sua casa sem perceber que estava sendo seguido, ele abre a porta, entra e ao olhar para trás para fechar a porta ele se depara com a garota sorrindo para ele com seus olhos negros que faziam ele sentir como se sua alma fosse refletida ali :

- Apenas feche os olhos e durma, você não vai querer ver isso!

Ela crava a faca na barriga do garoto e ele solta um grito de agonia, Sophie se irrita com ele e em um movimento rápido ela retira a faca e perfura a garganta dele, Chris cai no chão em agonia e sangra até morrer.

Sophie não se sentia arrependida ou com pena deles, ela apenas se divertia fazendo isso e se sentia cada vez mais forte a cada um que ela matava, enquanto caminhava ate a casa do ultimo garoto ela pensava em tudo o que havia sofrido e como ela havia mudado, mas de alguma forma ela se sentia feliz por isso.

...

Já eram quase duas da manha quando ela chegou à casa do ultimo garoto, ela se lembrou de que dentro da casa tinha um cachorro que não gostava dela, então ela decidiu fazer algo diferente dos outros, atrás da casa havia um galpão que estava destrancado, ela foi até La e pegou um galão de gasolina e alguns fósforos. Ela parou na frente da casa de sua vitima, com um caminho de gasolina que levava até a porta da casa que era feita quase que totalmente de madeira, ela olhou para o céu e disse em voz alta:

- Nesta noite eu mando ao inferno todos aqueles que me fizeram sofrer, e eu espero que suas almas queimem tanto quanto a minha por sofrer aquilo. Apenas fechem os olhos e durmam, vocês realmente não vão querer ver isso!

E então ela jogou o palito de fósforo e se afastou enquanto a casa de sua vitima queimava junto com a sua alma e sanidade.

...

Já eram 4 horas da manha quando Nick acordou assustado, ele tinha a sensação de estar sendo observado e quando olha para o canto do quarto vê sua amiga parada olhando para ele com um sorriso :

- Sophie? O que esta fazendo aqui? Qual o problema com os seus olhos?

- Isso não importa agora Nick, eu vim te dar uma noticia ótima! Eu não vou mais embora, poderemos ficar juntos para sempre!

- Isso é ótimo, mas você não podia esperar até eu levantar?

- Na verdade não, pois eu preciso fazer uma coisa antes, para podermos ficar juntos para sempre eu preciso que você apenas feche os olhos e durma, você não vai querer ver isso!

...

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória