FANDOM


É horrível, eu não sei por onde começar.

Toda essa monstruosidade que venho presenciando começou quando eu me registrei em um site de criação e edição de creepypastas, basicamente uma comunidade onde pessoas de vários tipos e lugares pudessem compartilhar suas histórias, dotes e experiências.

Inicialmente estava tudo bem, parecia uma comunidade qualquer onde eu pudesse conhecer novas pessoas com gostos em comum - creepypastas - e interagir com elas. Porém, nas minhas primeiras horas de navegação neste site, eu pude reparar que tinha poucas pessoas, mas tinha várias creepys diferentes, numerosas contas distintas e centenas de edições. Eu me perguntei então o que poderia ter acontecido com essas pessoas, porque elas sumiram ou porque pararam.

Foi então que decidi investigar este site e desde o início dessa decisão eu tive o pressentimento de que eu ia me arrepender disso. Comecei procurando pelos administradores da comunidade, ninguém conhecia ela melhor do que eles e aparentemente eram os únicos que permaneceram do início ao fim. Era muito cedo para pensar qualquer coisa, mas essa situação colocava eles em uma posição suspeita.

O que pude reparar inicialmente, é que tinha um administrador que se destacava dos demais. Ele parecia mais ativo, experiente e antigo na comunidade. Curiosamente, quando um novo usuário se registrava, este administrador era o que na maioria das vezes ia no perfil do mesmo e lhe dava uma mensagem de boas-vindas que geralmente dizia "Bem-vindo ao inferno, visitante". O que será que ele queria dizer com isso? Em meio a estes pensamentos eu comecei a ficar assustado. Principalmente porque achei um raro relato de um sobrevivente que havia feito o mesmo que eu, investigado o site. Note que os outros administradores riem do sobrevivente e caçoam de seu relato.

Quando eu li o que o sobrevivente dizia, foi que eu percebi que minha vida estava correndo perigo e eu não tinha muito tempo para fugir de lá. Visto que o sobrevivente disse que o administrador vigiava as webcams de suas vítimas, eu resolvi checa-la em um programa de meu computador, e nele dizia que a webcam estava ativa, mesmo em eu a ter ligado. Nesse momento eu fiquei extremamente assustado e minhas mãos começaram a tremer, foi então que eu tentei desliga-la remotamente pelo programa mas aquela opção não funcionava por algum motivo. Frustrado, eu decidi voltar ao meu navegador para fechar a aba do site na esperança de quem quer que estivesse fazendo aquilo parasse. Mas quando voltei, ele não estava do jeito que eu havia deixado, desta vez estava aberto em uma página diferente que me deixou extremamente chocado. Enquanto eu rolava para baixo, era possível ver os nicks dos usuários e logo abaixo deles uma fotografia de seus corpos mortos, cada um morto de uma forma diferente.

Depois de ver vários corpos mortos das formas mais nojentas possíveis, eu continuei rolando a página e em meio disso eu pude ver o meu nick e, na imagem que acompanhava, não havia um corpo morto, mas a filmagem de minha webcam em tempo real. Não me dei conta do que estava acontecendo naquele instante e, sem pensar muito, resolvi olhar ao redor do meu quarto. Algo chamou minha atenção: minha porta que antes estava fechada, havia se aberto e, pela fresta, uma luz nada familiar tomava conta de meu quarto.

A porta não parava de se movimentar, abrindo e fechando. Aquele barulho estava a ponto de me fazer explodir de raiva. Esqueci completamente do que eu estava fazendo e fui fechar a porta para que eu pudesse continuar em paz. Me aproximando da porta, resolvi checar o corredor também, neste ponto eu já estava um pouco paranoico. Coloquei a cara para fora e vi a causa da agitação: a janela estava aberta. O problema é que eu não havia aberto nem a janela, nem a porta.

Naturalmente, fui lá e fechei a janela pois ela estava causando a diminuição da temperatura em minha casa. Porém, quando me virei, no fim do corredor tinha algo escrito na parede em uma tinta preta e viscosa "você é o próximo" e logo em baixo estava o endereço do site. Lembro-me de ter ficado parado como uma estátua por alguns segundos antes de voltar para o quarto. Quando voltei, o computador estava como eu havia deixado, porém dessa vez tinha algo diferente na filmagem, tinha uma pessoa a mais no quarto.

Eu não lembro o que houve depois disso, mas de alguma forma eu sobrevivi. Não sei se ele permitiu ou se simplesmente desistiu de me matar, mas uma coisa é fato, aquele site só andava vazio porque seus usuários eram mortos brutalmente por um administrador psicopata.

E se você leu isso até aqui, fuja imediatamente pois ele e os outros administradores podem estar atrás de você neste exato momento.

ApacheRosa (discussão) 04h55min de 5 de julho de 2017 (UTC)

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.