FANDOM


Bem, começamos esta história de jeito normal.

Em uma vila desconhecida e pouco habitada, de um país desconhecido, havia um garoto desconhecido também. Ao nascer, não houve festa, nem nada, afinal de contas, era apenas um garoto, mais um garoto para esse mundo.

O bebê chorava, chorava sem parar, a enfermeira tentava o acalmar, porém não conseguia, a mãe de menino, tentava relaxar, depois de seu parto, os médicos seguravam suas mãos levemente e tentavam a acalmar do mesmo jeito que fizera com a bebê.

Alguns dias depois, a mãe foi buscar seu bebê, para poder ter uma vida com ele, pois ela era uma mulher solitária, seu marido havia morrido em uma guerra, e ela ainda não havia tido nenhum filho ainda, pois havia entrado em uma séria depressão, esse era seu primeiro filho. Dia foram passando e a mãe tentando ter o máximo de companhia de seu filho.

Não podemos dizer se eles eram realmente amigos, pois o menino não tinha a capacidade de falar ainda, mas para a mãe do menino, eles eram melhores amigos.

Dias, meses e anos foram passando, e o menino crescia.

Sem ter muito companhia, e muito menos o que fazer, o menino, saía para passear. Sua mãe não se preocupava, pois aquela vila era tranquila e não era tão habitada.

Um dia, uma "tropa" de homens estavam passando, agredindo os cidadãos, à procura de dinheiro, e quando viram o menino passando, acharam um ótimo método de tortura.

Os homens puxaram menino pelo braço e o levaram para uma espécie de cabana. Sem ter a menor consciência do que estava acontecendo, o menino apenas obedecia.

Os homens prederam o menino numa cadeira e trouxeram um monte de facas, agulhas, tesouras, seringas, e seguraram o menino, este arregalou os olhos e começou a berrar de dor e desespero, sem ter pelo menos alguém que o salve. Ele não compreendia, o que havia feito ? Por que merecia isso ? Seus pensamentos foram interrompidos, quando um dos homens o soltou e o levou a uma sela.

O menino gritava, berrava, mas ninguém vinha para o socorrer.

E assim muitos dias depois, se repetia a mesma coisa. Porém um dia um dos homens trouxeram consigo mais uma criança, mas desta vez uma menina, que recebia o mesmo método de tortura.

Os dois trocaram olhares e a menina perguntou :

-Qual o seu nome ?

E o menino respondia:

-E-eu não tenho nome..

E a menina perguntava outra coisa, e o menino apenas respondia: eu não tenho... A menina abriu um sorriso largo e disse:

-Vamos fugir JUNTOS !

E puxou a mão do menino. Eles passaram por montanhas, vales, vilas, cidades e quando chegaram à cidade do menino, a menina deu um gritou, o menino perguntou o que houve, a menina aponta o dedo para corpos feridos, pessoas mortas, casas queimadas, ou seja, os homens haviam destruído a pacata vila.

E assim se termina a história do um menino não conhecido por ninguém.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória