FANDOM


Durante o inverno frio e congelante, todas as noites eu apenas admirava a paisagem pela janela de meu quarto.

Meus pais costumavam viajar muito a negócios nessa época do ano e sempre acabava ficando só, alguns de meus amigos da escola aproveitavam a situação para pregar peças comigo enquanto permanecia em casa.

Em um dia como outro qualquer, estava voltando para minha casa após um dia longo de aula, enquanto caminhava pela trilha sempre via um senhor bastante simpático no mesmo local e lugar a ponto de ser extremamente estranho por também estar sempre no mesmo horário todos os dias, isso ia se repetindo dia a pós dia.

Em uma bela manhã de domingo, meus pais ainda estavam a viajar, enquanto esses amigos, todos os dias pregavam alguma peça comigo, estava ficando de saco cheio pois queria um dia sem eles por perto, havia me lembrado daquele senhor que sempre ficava por perto da trilha quando voltava para casa da escola, foi quando resolvi ver de quem realmente se tratava.

Quando havia chegado ao local no mesmo horário que ele costumava ficar todos os dias, não havia ninguém, e resolvi voltar para casa e ir deitar um pouco, pois não havia nada para fazer nesse dia.

No meio do caminho encontrei esses tais amigos que me pregavam peças todos os dias, mas algo estranho estava ocorrendo, estavam todos molhados de urina por medo, um deles caminhou em minha direção e me disse:

_ não teve nenhuma graça o que fez conosco.

No momento sem ao menos fazer a menor ideia o que havia ocorrido achei que fosse outra de suas peças e fui para minha casa.

Dia seguinte quando fui para escola, ocorreu tudo bem até a hora de volta para casa, caminhando pela trilha pelo caminho de sempre o mesmo senhor estava lá parado olhando diretamente em meus olhos, foi quando perguntei a ele:

_sempre o vejo por aqui, mas nunca me passou pela cabeça de perguntar quem é você, afinal quem é você?

Então ele respondeu:

_sou aquele que sempre esteve no seu subconsciente, desejos estranhos são realizados, você estava de saco cheio dessas peças que caia todos os dias.

Foi quando ele se aproximou-se tocando em meu braço e entrando em meu corpo como se sempre tive-se sido alguma personalidade minha separada de meu corpo, quando realmente cai na real que, preguei uma peça com meus amigos mas não me lembrava, havia sido eu, pois havia lembrado que também tinha problemas por falta de memória.

Mas afinal de contas o que eu fiz para eles?

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória