FANDOM


28 de Dezembro de 1991 

Era meados de 1991 quando um grupo de policiais resolveu fazer uma patrulha, pelo rádio receberam uma denuncia de que um homem estava batendo na mulher, imediatamente eles foram para a casa e chegaram muito tarde, pois quando chegaram lá a mulher já estava morta, toda ensanguentada, os policiais ficaram chocados com o caso, recolheram o corpo da mulher morta e prenderam o assassino...  

20 Anos depois o cara estava quase para ser solto, estava um dia maravilhoso, tudo estava ocorrendo bem, nem uma ocorrência... Eram 2h da tarde, o porteiro da delegacia sentiu um pequeno calafrio e viu uma coisa branca e vermelha meio transparente entrando na delegacia. Parecia um fantasma, mas ele não deu importância, tudo estava preparado para o cara ser solto, o delegado foi procurar os arquivos do caso, e por incrível que  pareça encontrou os arquivos e olha que se passaram 20 anos, o indivíduo estava saindo da delegacia quando ele sentiu um pequeno arrepio, ele foi embora e se hospedou na sua casa antiga em que tinha matado a mulher. De noite ele ligou a televisão para ver o noticiário e em todos os canais estavam falando que a delegacia tinha pegado fogo e ninguém sobreviveu. 2 horas depois os bombeiros conseguiram entrar na delegacia, estava tudo ao vivo na televisão, e chegando na ala de prisão estava escrito na parede a frase:

"Ele me matou, não pude fazer nada, agora ele morrerá."

Todos ficaram chocados ao ver aquela frase, o ex-marido estava assistindo, mas não sabia que se referia a ele... ele foi dormir... no dia seguinte ele foi tomar café, tinha um lustre  que se passou 20 anos e ninguém nunca fez uma manutenção preventiva, o ex-marido estava tomando café quando, de repente, o lustre caiu na mesa destruindo tudo, o cara ficou assustado, e logo saiu para procurar um emprego. Ele estava atravessando a rua quando lá da esquina veio um carro correndo e atropelou ele, ele acordou no hospital, e lá estavam muitas emissoras querendo uma entrevista, ele estava muito machucado e cansado. Se passaram dois dias, todos tinham saído do hospital todo menos ele, ele não sabia de nada e logo depois entrou uma mulher na ala e o espancou até a morte. Essa mulher retirou uma faca do bolso e rasgou o corpo dele, depois escreveu na parede:

"Eu dei um fim em tudo. Me sinto aliviada!"

Logo depois o hospital pegou fogo...

O Caso foi dado como "O Caso Fantasma" , até hoje não souberam quem matou o cara, mas todos dizem que foi a mulher que ele matou...

Então pessoal usem sua imaginação para imaginar a cena de "O Caso Fantasma"

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória