FANDOM


Quem nunca jogou algum jogo de videogame? Eu era um fã, e colecionava cartuchos de varias empresas. Eu tinha de Atari, SNES, N64, entre vários outros. Sempre tive uma queda pelo meu console favorito, Super Nintendo (SNES). Eu tinha todas as fitas de luta, e mais algumas do tipo Mario. Eu sempre ia a uma loja que vendia cartuchos. O dono de lá já vendia pra mim há muito tempo. Um dia fui comprar uns cartuchos, e soube que tinham chegado novos. Naturalmente fiquei empolgado, e perguntei o valor. O dono me falou que era de graça, um bônus por eu ter comprado tantas fitas. Eram do seu primo, que comprou um PS1 (que estava popular na época), mas eu sempre preferi o N64. Ele me deu uma caixa com muitos cartuchos! Fiquei encantado após jogar todos, mas ainda restava um cartucho velho o qual não jogara, de nome Reword Fighter II. Em um dia qualquer eu decidi jogar, mesmo sabendo que não funcionaria de primeira. Eu soprei, limpei a fita e tudo mais, até funcionar. Na tela não aparecia aquele clássico logo da Nintendo normal, mas sim um logo sangrento da empresa. Achei que era tipo Mortal Kombat, um jogo violento, mas dei de ombros e continuei a esperar. A tela ficou preta por quase dois minutos. Eu já estava desistindo, mas na hora que fui tirar, apareceu o menu do jogo; Pessoas sendo decapitadas em animação. Quase vomitei, porque o pior era que não eram bonecos como nos jogos normais, eram pessoas. Eram crianças, bebês... Realista demais para o SNES. Tentei não dar muita importância e apertei para começar. Existia um save chamado "Skin". Eu deletei ele e comecei minha jogatina. Existiam apenas três personagens para se jogar: Tina, Buckker e Steve. Todos usavam uma mascara de Hockey, como o Jason. Eles tinham espadas, entre outros. Eu escolhi Steve, um homem loiro com a camisa ensanguentada. Minha missão era decapitar e torturar pessoas. Achei aquilo bizarro para um jogo, e acabei vomitando. Minha mãe pediu, ao ver, para eu tirar aquele “cartucho nojento”, e jogar outros. Eu falei que ia tirar, e levei o SNES ao meu quarto, para continuar jogando. Em um dos níveis eu teria que torturar uma pessoa que parecia muito com um amigo meu, Michael. Eram idênticos. Ele estava com uma regata branca, exatamente igual a que eu vira meu amigo usar no mesmo dia. Assustado, eu tirei a fita e saí correndo, avisando a minha mãe que ia sair. Naquele dia eu enterrei a fita, e tentei nunca mais lembrar dela. Até que hoje resolvi jogar. Para a minha surpresa, era somente um jogo parecido com Super Mario Bros 3. Até hoje eu me pergunto como aquilo aconteceu...

Quem nunca jogou algum jogo de videogame? Eu era um fã, e colecionava cartuchos de varias empresas. Eu tinha de Atari, SNES, N64, entre vários outros. Sempre tive uma queda pelo meu console favorito, Super Nintendo (SNES). Eu tinha todas as fitas de luta, e mais algumas do tipo Mario. Eu sempre ia a uma loja que vendia cartuchos. O dono de lá já vendia pra mim há muito tempo. Um dia fui comprar uns cartuchos, e soube que tinham chegado novos. Naturalmente fiquei empolgado, e perguntei o valor. O dono me falou que era de graça, um bônus por eu ter comprado tantas fitas. Eram do seu primo, que comprou um PS1 (que estava popular na época), mas eu sempre preferi o N64. Ele me deu uma caixa com muitos cartuchos! Fiquei encantado após jogar todos, mas ainda restava um cartucho velho o qual não jogara, de nome Reword Fighter II. Em um dia qualquer eu decidi jogar, mesmo sabendo que não funcionaria de primeira. Eu soprei, limpei a fita e tudo mais, até funcionar. Na tela não aparecia aquele clássico logo da Nintendo normal, mas sim um logo sangrento da empresa. Achei que era tipo Mortal Kombat, um jogo violento, mas dei de ombros e continuei a esperar. A tela ficou preta por quase dois minutos. Eu já estava desistindo, mas na hora que fui tirar, apareceu o menu do jogo; Pessoas sendo decapitadas em animação. Quase vomitei, porque o pior era que não eram bonecos como nos jogos normais, eram pessoas. Eram crianças, bebês... Realista demais para o SNES. Tentei não dar muita importância e apertei para começar. Existia um save chamado "Skin". Eu deletei ele e comecei minha jogatina. Existiam apenas três personagens para se jogar: Tina, Buckker e Steve. Todos usavam uma mascara de Hockey, como o Jason. Eles tinham espadas, entre outros. Eu escolhi Steve, um homem loiro com a camisa ensanguentada. Minha missão era decapitar e torturar pessoas. Achei aquilo bizarro para um jogo, e acabei vomitando. Minha mãe pediu, ao ver, para eu tirar aquele “cartucho nojento”, e jogar outros. Eu falei que ia tirar, e levei o SNES ao meu quarto, para continuar jogando. Em um dos níveis eu teria que torturar uma pessoa que parecia muito com um amigo meu, Michael. Eram idênticos. Ele estava com uma regata branca, exatamente igual a que eu vira meu amigo usar no mesmo dia. Assustado, eu tirei a fita e saí correndo, avisando a minha mãe que ia sair. Naquele dia eu enterrei a fita, e tentei nunca mais lembrar dela. Até que hoje resolvi jogar. Para a minha surpresa, era somente um jogo parecido com Super Mario Bros 3. Até hoje eu me pergunto como aquilo aconteceu...

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória