FANDOM


Você já se perguntou do por que de você ser mais triste que outras pessoas? Ou do por que de certas coisas abalarem muito mais você do que outras pessoas? Pois bem, eu posso ter escolhido você. Deixe-me apresentar-me, eu te observo desde a infância; eu sou um espírito, existem muitos como eu por aí. Você se lembra de quando brincava na rua com os seus amigos? Pois é, eu o escolhi em um desses momentos. Não se assuste, eu não passo de um ser que abriga muita dor, que sofreu desgraça atrás de desgraça durante toda a minha vida; preciso aliviar essa dor, só isso. Quando você brincava com seus amigos, eu estava o examinando; você seria meu herdeiro, meu escolhido, por isso acho conveniente que eu o chame de meu filho. Acredite, meu filho, você pode até ter me visto alguma vez, eu posso ser o cara que te devolveu a bola quando ela rolou para longe, ou simplesmente um estranho na qual o seu olhar passou por alguns segundos, e você me ignorou, mas a minha participação em sua vida ia ser indiretamente forte, você não sabe muito bem quem eu sou, mas eu sei muito bem quem você é; eu te observei por toda a sua vida. Mas como eu participei de sua vida? Bom, eu já lhe disse que preciso aliviar a minba dor, então, como eu faço isso? Primeiro, eu o escolho, depois eu o acompanho, observo cada momento seu, e quando vejo que algo pode abalá-lo, eu o espero dormir, e quando você dorme... Ah, quando você dorme, eu saio das sombras; eu vou até você, eu estendo a minha mão até tocar em sua face, e passo a minha tristeza para ti, uma pequena parte apenas, não é nada, só um pequeno alívio pra mim...

Mas tem momentos em que transmito muita coisa pra você; quando você reage igual a mim por causa de alguma coisa, ou quando você passa por um problema dos quais eu tive em minha vida. Ha ha. Aí,  meu filho, as coisas ficam feias pra você. Eu lhe transmito uma dor, uma angústia intensa, mas não nessas primeiras situações, iguais as minhas, não... eu tenho paciência, a dor que lhe passo aumenta gradativamente, sumindo e reaparecendo, ficando nesse ciclo, durante toda a sua vida.

Talvez você enlouqueça, talvez chegue a um ponto em que eu seja a sua única companhia; te visitando todas as noites, te passando pouco à pouco a minha dor... Até você cometer a violência máxima contra si mesmo, tirando seu próprio sangue, ou provocando uma reação tão forte a ponto de causar a sua morte, ou qualquer outra coisa que decida usar. Se fizer isso, não se preocupe, eu estarei do seu lado, você não estará sozinho, e antes que dê seu último suspiro, você verá minha face...

Ah, meu filho, eu te amo tanto!
CreepySLP (discussão)CreepyLSP

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória