FANDOM


PARTE 2:

A invocação do espirito.

Após chegar em casa no dia seguinte,Jay foi para o quarto e guardou as roupas,mas quando ele ia pegar alguma coisa pra comer,sua mãe o parou e disse:

-Que roupas eram aquelas mocinho?-Sua mãe olhou para ele desconfiada.

-Eu ganhei da minha professora.-Ele mentiu

-Ganhou de natal?

-Sim.

Ele então deitou no sofá e pensou:

-Se minha mãe descobrir eu estou morto.

No dia seguinte,Jay e Eduardo voltaram para a fazenda,mas Jay estava com as roupas que tinha achado na casa abandonada.Eles foram direto para aquela cabana atrás da floresta para ver se conseguiam abri-lá.Enfim a porta abriu com a chave do cofre e os dois entraram,mas na hora que Jay colocou o pé dentro da cabana ele sentiu alguma coisa entrando em seu corpo,mas ele não ligou.

A casa tinha apenas uma sala vazia e uma porta que foi aberta com uma das chaves do guarda-roupas.Quando eles abriram a porta eles se depararam com um homem pendurado no telhado com um machado em sua mão.

Os garotos iriam voltar para casa mas quando os dois viraram para trás alguma coisa os segurou,mas não era aquele homem,mas sim era alguma coisa que estava invisível para eles.Naquele momento Eduardo entrou em desespero e gritou:

-Aaaaaahh alguém me ajude aaahh aaaaaaaah

-Fica quieto Edua...

no momento que Jay iria falar ele ficou paralizado com o que havia acontecido com ele:

Ele estava sem uma de suas mãos.

-aaaaaaaaaaaahhh aaaahh

Isso se repetiu por algum tempo até ele desmaiou.Quando acordou ele estava em uma sala branca e com umas macas.Ele notou que stava no hospital,quando viu a porta abrindo.

-Olá Jay,eu sou o Dr Dexter e estou aqui para te ajudar!

-Mas oque aconteceu comigo?

-Você foi encontrado em uma cabana.

-Mas oque vai acontecer comigo?

-Apenas relaxe.

Pouco tempo depois ele já havia voltado para casa,mas nem sua mãe nem seu pai estavam lá.Ele sentiu um pouco de enjoo,e foi para o seu quarto,com o pensamento de se olhar no espelho.Jay ouviu alguém bater na porta e desceu,quando abriu a porta era o Eduardo que estava ali.

-Vamos voltar lá Jay?Eu sei como se comunicar com aquele espírito.

Jay olhou para seu braço sem uma mão e disse:

-Sei lá,estou meio desanimado.

-Poxa cara vamos,aquilo não é nada é só um fantasma idiota.

-Um fantasma idiota que arrancou minha mão.Mas pensando bem vamos lá

Os dois foram até a casa levando três velas e uma tigela com água benta,eles iriam invocar o espírito que habitava aquela casa.Quando chegaram eles posicionaram as velas formando um triângulo e colocando a tigela de água benta no meio,então Eduardo disse:

-Eu trouxe oque o senhor me pediu,agora eu quero que o senhor apareça.

Ele começou a fazer alguns jestos com sua mão,então um som estrondoso assustou Jay.

-Mas oque foi isso?

-Fique quieto Jay.

Então uma voz estridente disse:

-Muito obrigado por me libertar do sofrimento eterno,garoto.

-Eu fiz oque você me pediu,então realize nossos desejos.

Eduardo olhou para Jay com uma cara de que não estava gostando enquanto Jay estava paralisado.Eduardo então pediu:

-Eu quero ser respeitado a todo custo.-E o espírito lhe concedeu o desejo.

-E eu quero me vingar de todos aqueles que me maltrataram na vida,sendo assim o garoto mais poderoso e assustador.Também quero uma mão nova.

No momento que Jay disse aquilo seus olhos começaram a escurecer...

CONTINUA...

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória