FANDOM


Olá, meu nome é Len,tenho 12 anos,eu sou Americano, então me desculpem se eu errei algo em sua lingua.Eu vou contar algo que você talvez não possa acreditar...E eu vou entender se quiser fechar a página da web que está lendo...

Era um dia normal para mim, como sempre, eu havia levantando da cama, colocado minha roupa e ido para minha escola...Um dia chato...Mas normal.

Era dia das crianças, então todos os alunos do meu colégio ficaram ansiosos para chegar em casa e checar seus quartos para ver se tinha algum presente lá de surpresa...Eu não estava ansioso para isso, afinal, era apenas um feriado comum para mim, mas não conseguia deixar de sorrir!

Quando estava indo para casa,eu chuto sempre a mesma pedra e digo

"Hoje será um dia daqueles..."

e continuava andando até em casa...

Eu sou um Net, desde os 10 anos, então sempre quando chegava em casa,eu colocava meu computador na escrivaninha e punha-me a escrever para meus amigos em redes sociais...

Certo dia, eu estava escrevendo no Twitter, para meus colegas da minha antiga escola,quando um deles postou um grande texto e marcou todos os seus amigos...Aquela pessoa não tinha foto, mas acho que eu conhecia ela...Tinha um nome bem familiar, devia ser mesmo um antigo colega,mas mesmo assim, estranhei, e como fui marcado, resolvi ler.

"Dia das crianças,uma data amaldiçoada...Você pode achar que é um dia inocente e normal, mas você não sabe oque encontrei na rua um dia desses.Eu andava pelos becos,procurando algo para fotografar para minha atividade de ciências,e de repente me deparo com uma criatura...Ela parecia estar comendo um animal, ou se alimentando de suas tripas, e ao lado dela, havia uma outra pessoa,sem roupa...Coberta de sangue pelo corpo.Quando a coisa se virou pra mim, eu preparo minha câmera e rapidamente tiro uma foto,e assim que tirei, ela desapareceu...Quando tirei a foto, vi que não era uma pessoa normal, ela tinha duas partes, uma feminina e outra masculina,as duas partes pareciam sorrir mas na verdade, a parte masculina não sorria...Logo depois, a pessoa desapareceu da foto de repente assim...Li um pouco sobre e descobri mais algumas coisas, vou postar isso agora,só aguardem..."

Eu abro um pouco a boca enquanto lia, mas logo após, nem liguei...Eu sabia que devia ser só um conto de mentira que o coléga devia ter feito...Depois de pensar um pouco sobre, eu vejo que ele postou mais uma mensagem,ela era mais ou menos assim:

"INnocent.

Uma criatura que era normal antigamente...Antes de ser a bizarrice que é hoje.

Muito pouco vista, INnocent na verdade, eram dois irmãos,uma menina, e um menino, e como todo irmão, os dois se odiavam...Mas não era um ódio comum, era um ódio masoquista.A cada dia, eles arranjavam um jeito de se machucar, como empurrar a irmã do precipício ou enfiar uma faca no pé do irmão, e a cada dia era pior, mas parecia que o machucado melhorava após isso...

Os dois eram órfãos,mas moravam em uma casa abandonada,o irmão não tinha um braço inteiro, era um problema que ele tinha desde seu nascimento, ele então deixou apenas a veia segurando a mão.O nome da garota era Belle, e a do irmão era João.O garoto era atrevido, e muito forte,além de ser corajoso e ousado.A garota era delicada e fofa, mas nem tanto, ela queria ser um garoto como seu irmão, mas não deixava isso afeta-la!

Acima de tudo, João tinha muita inveja de Belle, afinal ela tinha os dois braços perfeitos, e João a odiava por isso...

Um dia, o garoto pegou uma faca, escondeu nas costas...Entrou no quarto da garota que fazia as unhas e Belle se levanta e pergunta porque ele estava ali,então João só disse:

"...Espero que curta...O ultimo momento...Que terá seu braço inteiro..."

E assim feito, o irmão guardou o braço da garota na gaveta para sempre...

Estava perto do dia das crianças finalmente,era muito perto mesmo,e naquele mesmo dia, era um dia em que alguns pesquisadores passavam pelo local, mas nunca tinham notado aquela casa humilde e meio destruida, com muitos destroços no chão bem ali...Viram muito sangue no chão,aquele era o local onde eles praticavam o masoquismo.

Os pesquisadores, curiosos,mesmo sabendo que aquilo era trabalho da policia,correram para a casa e acharam as duas crianças dormindo juntas na cama.Eles colocam as duas no carro e levam para um laboratório,por curiosidade...

As crianças acordam e se deparam com o laboratório, as duas estavam em uma capsula presas,tentavam sair mas não conseguiram...As duas viveram naquele local fechado a muito tempo, apenas sofrendo,com os pesquisadores estudando elas e tirando algumas partes do corpo delas, oque não era ruim para os dois masoquistas,mas mesmo assim, queriam muito ir pra casa.

Depois de muitos experimentos com as pobres crianças, eles descobrem suas personalidades,nomes e tudo,incluindo a idade, que aqui é desconhecida,só se sabe que é menos de 14,mas com todas as pesquisas,a ultima foi um erro...

Era hora de sair da cápsula de pesquisas...Belle e João saem e se deparam com a transformação...As duas sorriem,com as garras do irmão,as ultimas palavras de um dos Pesquisadores foram:

"Não é...Ino...cente..."

e assim nasceu, INnocent, um monstro metade garoto e metade garota, que gostava de pegar criancinhas no dia das crianças e trancar no quarto...Não se sabe oque acontece no quarto, mas no final, parece que nenhuma das crianças saiu viva...O monstro se isola agora naquele laboratório desconhecido,e no dia das crianças, ele sai em busca de criancinhas para agarrar...Se é que você me entende...."

Eu novamente dou os ombros...Quando noto, já era noite, então resolvi dormir, pois se não, minha mãe brigaria comigo....

Não estava com sono naquele dia, eu só me virei e tentei fechar os olhos...Mas novamente não consegui, então olhei para a janela e fiquei apenas observando, estava chovendo...Um raio pisca e vejo um rosto parecido com o descrevido naquele negócio do meu colega...

Eu caio da cama, estava com muito medo agora,mas logo levanto novamente e resolvo olhar mais,talvez fosse só minha imaginação...Eu me aproximo da janela e abro ela, mesmo com a chuva, ela era fraca então, coloquei a cabeça pra fora e olhei pros lados...No fim, não era nada mesmo...Eu deito novamente em minha cama.

Eu fico aliviado que não era nada, até que algo pula em minha cama e quebra o telhado, mas o estranho é que não caia chuva em meu quarto,mas aquela criatura me agarrou e rugiu na minha cara com um sorriso de dar medo, parecia querer me comer, sua boca,quando abria, era enorme.

Eu me amedronto na mesma hora e só pensava em correr enquanto aquela coisa estava me segurando, será que...Era INnocent?, eu a observei, e ela só sorria pra mim, foi quando ela desapareceu, e fiquei novamente aliviado...Mas eu sei que ela era real...Quando percebi, que ela estava embaixo do meu cobertor, era tarde demais...

A parte feminina arranca minha roupa fora e eu tento não gritar,afinal se meus pais me vissem pelado,oque iriam pensar?, então eu corro para a porta que não abria, e a coisa avança em mim novamente, foi então que eu começo a gritar e dizer coisas como:

"SAI DAQUI SAIA, SAIA LOGO, SAIA!!!!!!"

Foi quando minha mãe entra desesperada em meu quarto e me pergunta se eu estava bem, e porque eu estava gritando, foi quando tentei explicar:

"Não está vendo mãe? Tem uma coisa em cima da minha ca..."

Eu travo no final, quando percebo que eu estava de roupa e a coisa não estava mais lá....Minha mãe tenta me acalmar com palavras confortantes, e eu me acalmo...

Quando minha mãe sai, eu ainda não conseguia dormir, aquela coisa esquisita não saia da minha cabeça, eu nunca mais dormi bem desde aquele dia...E ainda nele,vi uma carta no chão, estava escrito:

"EU VOLTO MAIS TARDE PARA FAZER UMA COISA COM VOCÊ, APENAS AGUARDE"

Havia vários sorrisos amedrontadores desenhados pelo papel, que estava sangrento e nojento.

Se você é da minha idade, ou se considera criança ainda, por favor confie em mim,acredite no que estou falando, só porque tenho essa idade, não significa que não falo a verdade, então por favor,tenha cuidado,esse bicho pode te atacar e eu não quero que isso aconteça,acho que fui o unico sobrevivente, já era 00:00, acho que era por isso que INnocent não me fez mais nada,mas se não fosse a hora...Acho que ele deve ter feito isso com muitas crianças, eu me sinto sortudo...

Só tenho um ultimo aviso, não confie no dia das crianças...Pode ser uma data ruim...

Eu não falei tudo sobre INnocent, mas só de olhar a imagem, você consegue perceber mais coisas...

Innocent0000

INnocent,o monstro de duas crianças abandonadas...











Créditos: BenDrownedKun

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória