FANDOM


Quando meus amigos me perguntam por que não baixo jogos no Torrent, eu costumo dizer-lhes que eu simplesmente não me sinto bem em “roubar a propriedade” de uma empresa que trabalhou muito no jogo, e assim por diante.

A verdade é que se eu contasse a verdadeira razão, ninguém iria acreditar em mim. Então, por que não dizê-la aqui, na internet, onde estou anônimo e não importa quem me julga? Um dos meus jogos favoritos é um jogo chamado Gothic II. Joguei pela primeira vez há alguns meses após o lançamento, quando o meu irmão comprou, e eu e ele eramos viciados. Muito tempo depois, meu irmão enjoou dele, e eu continuei jogando, tendo que criar um novo personagem quando alguém decidiu reformatar o computador sem me dar a chance de fazer backup dos meus dados salvos. Mas eu consegui ficar até melhor do que meu irmão.

Um tempo atrás, eu queria jogar novamente. Isso acontece de vez em quando. O problema é que eu perdi um dos discos. Eu possuía a edição de ouro (como se fosse a edição do colecionador daquele jogo), e havia quatro discos. Eu não sei o que aconteceu com o disco 2, mas isso tornava o jogo impossível de jogar. Nenhumas das lojas de videogames na minha cidade tinham o jogo. Eu não tinha outra opção, a não ser baixá-lo no Torrent.

Felizmente, eu consegui encontrar um que funcionou, após eu baixar meia dúzia de outros que não funcionaram ou travaram. Passei os próximos dias jogando direto, e dentro de algumas semanas eu tinha estava na metade do jogo. Tudo ocorrendo normalmente, por sinal.

Gothic2 pcbox

O jogo "Gothic II".

Para aqueles que não conhecem o jogo, você terá que ter paciência comigo, porque eu não vou explicar a coisa toda. Basicamente, no Capítulo 4, você tem que matar quatro dragões que eram a ameaça desde o início. Mas depois disso, você aprende que o verdadeiro inimigo não se mostrou ainda, e você deve investigar para tentar descobrir quem é este inimigo e onde ele está escondido.

Isso ocorre no Mosteiro, que contém um cofre subterrâneo secreto contendo alguns inimigos mortos-vivos, bem como livros que mostram a direção certa. Eu nunca gostei desse nível porque era escuro, a câmera tinha alguns problemas nos corredores estreitos, e era difícil de ver ou ouvir um inimigo que vai para cima de você. Mas eu continuei e matei os mortos-vivos, e mesmo sabendo exatamente para onde ir, eu explorei cada corredor dos túneis para ter certeza que eu havia matado tudo o que tinha de inimigo lá em baixo. Foi assim que me deparei com algo inesperado.

Eu me orgulho em saber sobre este jogo como a palma da minha mão, mas de vez em quando eu acho pequenas coisas tão bem escondidas que eu nunca encontrei mesmo depois de algumas centenas de horas gastas jogando de hora em hora. Em um desses corredores, havia outro esqueleto, mas que tinha uma aparência diferente, vestindo um manto que parecia velho, estragado, e com manchas de sangue. Meu coração começou a bater, pois nunca havia encontrando nada como isso antes. Claro, eu matei o bicho sem piedade. Não foi até que ele estava morto e eu recuperei minha compostura que eu percebi que o morto-vivo nunca tentou me atacar.

Eu roubei o esqueleto e encontrei uma chave, sem nome e sem uma descrição. Isso foi realmente estranho. Talvez esse Torrent estivesse com alguns erros gráficos. Mas eu a manti de qualquer maneira, porque tudo tinha ocorrido bem até agora.

Na parede atrás de onde o esqueleto estava uma tocha, que eu iria ignorar, mas eu acidentalmente cliquei nela. Uma consequência das minhas mãos naturalmente tremulas. Para minha surpresa, meu personagem puxou a tocha como se fosse uma alavanca. Isso acontece muito no jogo, então eu estava surpreso que eu nunca encontrei aquilo antes. A alavanca abriu um alçapão no chão, o qual meu personagem caiu e desapareceu na escuridão. Por um segundo, eu pensei que fui zoado por uma armadilha. Mas em vez disso, o jogo cortou para uma tela de carregamento, e ao contrário de todas as outras telas de carregamento no jogo, não havia nenhuma imagem por trás desta. Apenas uma tela preta com uma barra de carregamento.

Meu coração estava batendo tão forte que eu podia ouvi-lo em meus ouvidos. Não é que eu estava com medo. Foi uma mistura de susto e pura emoção. Isto é o que eu amava sobre Gothic. Há sempre algo novo para descobrir.

Quando a tela de carregamento terminou, eu encontrei o meu personagem de pé em uma área que eu nunca vi antes. Parecia uma prisão, um corredor, com celas bloqueadas nas laterais. Eu me senti muito nervoso. Eu nunca tinha visto nada parecido com isso no jogo, e considerando o quanto tempo que eu gasto lendo sobre meus jogos favoritos na internet, fiquei surpreso que eu nunca li nada sobre esse lugar.

Suspendendo a minha hesitação, comecei a explorar o lugar. Nenhuma das celas estavam abertas, cobertas por grelhas e extremamente escuras por dentro. Mesmo quando eu usei minha tocha, eu não podia ver tudo o que tinha dentro. Continuando, desci umas escadas para o próximo nível. Mais uma vez, não havia nada além de celas fechadas. Eu pensei em ignorar esses andares e ir procurar uma maneira de abrir as celas, mas eu ouvi algo estranho que me chamou a atenção. Vale mencionar também que não havia nenhuma música tocando.

Isso era estranho, porque em todas as áreas do jogo tinham uma trilha sonora original, mas eu experimentei “bugs” antes nas quais a música nunca tocava, então eu ignorei isso. Eu tentei me aproximar perto de que causou o som, mas mesmo eu chegando mais perto, o som nunca ficou compreensível. Eu decidi que conseguiria ouvir o som melhor de cima, então eu subi alguns degraus de escadas. A partir dali, eu era capaz de seguir o som com mais facilidade, e eu fiquei assustado quando eu percebi que parecia uma criança chorando.

Fiz uma pausa. O choro continuava, mas eu percebi que deveria ter sido apenas o barulho do ambiente. Eu levei um minuto para me acalmar. Eu queria ligar a luz, mas na época eu estava dividindo um quarto com meu irmão e ele estava dormindo. Era, afinal, duas da manhã.

Então eu continuei a jogar e fui mais perto da fonte do choro. Foi proveniente de uma das celas. Eu superei meu medo e fiquei na frente da cela, com a minha tocha equipada. A tocha não poderia iluminar toda a célula, mas eu podia ver alguma coisa. Eu coloquei o modo Primeira Pessoa para ver mais atentamente, e eu pude ver... Definitivamente havia alguém lá dentro. A figura estava sentada contra a parede mais distante, e tudo que eu podia ver eram dois pés descalços sobre as pernas realmente finas. O choro foi muito abafado, como se a criança estivesse tentando ficar quieta.

Eu não podia ver o rosto da figura, e eu estava completamente convencido de que eu não deveria. Isso era muito mórbido, muito sombrio para um jogo Gothic. Pensei em como os desenvolvedores tiveram um histórico de remoção de conteúdo inacabado devido a restrições orçamentais e de tempo. Talvez o Torrent que eu baixei só tinha este negócio de novo? Ou talvez o dono do Torrent era um doente mental e adicionou isso?

Eu não me importava. Eu estava curioso o suficiente para explorar o lugar um pouco mais, mas não para descobrir o que essa criança era.

Eventualmente, eu estava no nível mais baixo. Nenhumas das outras celas continham alguma coisa, mas no nível mais baixo, vi um monte de móveis quebrados. Algumas delas eram equipamentos de tortura, como eu estava acostumado a ver em certas áreas do jogo. Não pareceria fora de lugar em uma prisão como esta, para ser franco. Mas o que fez se destacar foi que eles não se pareciam com qualquer um dos modelos que existiam no jogo. As texturas estavam diferentes, e eles também tiveram uma contagem de polígonos muito maior, de alguma forma. Isso foi realmente estranho.

Não havia nenhuma maneira de este motor de jogo tão antigo criar tais objetos de alta qualidade. Eu não sei muito sobre Torrents, mas eu só poderia assumir que o criador deste nível pode ter de alguma forma modificado o motor para fazer isso. Será? Eu realmente não sei. Vá perguntar a um designer de jogos. Nada disso é importante de qualquer maneira.

Na parede, uma alavanca. Eu assumi que esta alavanca abriria as portas das celas. Eu não estava pronto para abrir todas, no entanto, temendo que a figura que eu vi na cela se soltasse. Antes de puxá-la, eu decidi voltar e verificar para ver se ela ainda estava lá.

Quando eu saí no segundo andar, eu estava com medo. Quatro celas para baixo à direita, onde a figura estava, o portão estava de alguma forma aberta. Minha respiração prendeu-se na minha garganta e eu não conseguia nem piscar. Depois de cerca de três segundos, eu ouvi um chiado e, da cela, alguma coisa se arrastou para fora de quatro. Eu não conseguia ver bem o suficiente, mas foi subindo ao longo do trilho na lateral e saltando para os andares abaixo.

Eu quase me caguei de medo. Eu apertei “ESC”, salvei o jogo, e imediatamente fechei-o. Olhei para a minha tela da área de trabalho por uns dez minutos antes de desligar o computador. Que diabos foi aquilo?

Era quase 3:00 da manhã. Talvez eu estava tendo alucinações, porque eu estava tão cansado. Eu acho que eu estava jogando por muito tempo. Talvez eu já fui para a cama e eu só estou tendo um sonho fodido. Tanto faz.

Eu acordei no início da tarde de sábado. O sol brilhava no meu quarto, e eu olhei para o meu laptop, sentado na minha mesa. Lembrei-me do que eu vi ontem à noite, mas eu me sentia de alguma forma muito mais tranquilo de manhã. Passei a tarde e parte da noite fora de casa, e não foi até depois da meia-noite que eu me sentei no meu computador. Meu irmão estava dormindo, e eu preparado para ligar o meu computador. Eu decidi que não ia jogar aquela noite. Eu só iria para navegar na internet um pouco e ir dormir.

Mas quando meu computador ligou, descobri, para meu choque, que o jogo ainda estava lá com o menu de pausa aberto. Minha garganta apreendeu-se. Será que eu não fechei o jogo ontem à noite como eu pensei que eu fiz? Talvez eu só esqueci de sair. Eu poderia ter só ter colocado o computador para hibernar.

Por alguma razão, eu não quis sair do jogo como eu pretendia. Continuei jogando. Ali, quatro portas para baixo, à direita, a célula na qual a coisa se arrastou para fora ainda estava aberta. Lentamente, eu me aproximei e dei uma olhada dentro.

Não havia muito lá, felizmente. Havia um esqueleto na parede, onde eu vi a figura sentada antes. No seu peito estava uma faca, que eu poderia pegar. Quando eu peguei minha tocha para ter uma visão melhor, eu perdi a cabeça. Havia pequenas marcas de mão de criança em todo lugar. Tinha sangue em toda a parede e no chão ao redor do esqueleto. Letras de sangue na parede pareciam soletrar...

"MAMÃE."

Que porra é essa?

Eu saí da cela. Quem teve a ideia de colocar aquilo no jogo era completamente fodido da cabeça.

Ouvi barulhos. Um chiado em algum lugar em torno de mim. Olhei em volta freneticamente, tirando a minha espada para matar o que quer que aquela coisa era. Eu só peguei um vislumbre dela, em um dos andares superiores, rastejando sobre os trilhos. Eu decidi que essa coisa ia morrer. Corri até a escada e correi para onde eu a vi pela última vez.

Como eu estava em pé na frente de uma cela, ouvi um som de respiração brutal, como se alguém estivesse tentando respirar enquanto asfixiado. Peguei minha tocha novamente para tentar e olhar por dentro. Mais uma vez, a tocha não poderia alcançar as partes mais distantes da cela, mas em um canto escuro eu poderia apenas ver uma figura sentada lá dentro. Ela estava mexendo e fazendo aquele som de asfixia. Eu poderia dizer que era aquela “criança”, a única coisa viva em todo este maldito lugar além de mim. Como diabos ela entrou ali? Eu não poderia dizer se aquilo estava me perseguindo ou fugindo de mim.

Como eu não podia chegar a ela agora, eu decidi abrir meu inventário e olhar para a faca que eu peguei. Não tinha um nome. Apenas uma descrição.

"Mamãe me fez. Ela não me ama.”

Bem, basta adicionar isso à lista de surpresas que eu tive até agora.

Em vez de tentar encontrar alguma coisa pelo lugar, eu decidi procurar uma saída. No entanto, apesar de eu olhar através de cada centímetro do lugar maldito, espreitando em cada célula, mas não ousando abri-las, eu não conseguia encontrar a saída. Pelo menos a criatura não se moveu até agora. Eu tinha duas opções. Eu poderia abrir as celas para procurar uma pista, ou ... usar um macete. Eu sabia o suficiente sobre o jogo para saber que sempre que você está em uma masmorra, o comando "goto pos" iria lhe transportar para um local perto da saída.

Eu decidi que valia a pena tentar, e assim eu tentei. Eu apareci dentro de uma das celas, de pé em frente ao portão e voltado para fora. Através de meus fones de ouvido, eu poderia dizer que havia algo por trás de mim.

Podia ouvir um som de criança.

A coisa gritou tanto que eu pausei o jogo. Eu estava tremendo, suando frio, com lágrimas nos meus olhos. Depois de um momento, eu comecei a rir. Uau. Isso que é azar. Eu decidi que este lugar apenas não valia a pena. Eu cliquei “Load”, e em seguida, clicar em um jogo salvo antes de eu ir para aquele lugar maldito, enquanto eu ainda estava no pátio do Mosteiro.

Mas não estava no lugar onde eu queria estar. Em vez disso, estava de volta na prisão, dentro de uma das celas. O Quê? Devo ter clicado o arquivo errado. Então, eu tentei novamente. E aconteceu a mesma coisa. Desesperado, eu até tentei iniciar um novo jogo, mas tudo o que aconteceu foi que eu estava em uma das celas sem itens.

Cheguei à conclusão de que eu estava fodido. Então, eu tentei sair. Em vez da típica tela "Você tem certeza?" com as opções Sim e Não, apareceu uma caixa de texto dizendo:

"Você não pode me deixar."

Eu senti meu estômago se deslocar até a minha garganta. Este jogo realmente estava fodido. “Ctrl Alt Del” não funcionou. Então, eu tentei reiniciar meu computador segurando o botão de desligar por um tempo. Mas mesmo depois de 60 segundos, o computador ainda estava ligado e o jogo ainda estava rodando.

Desconectei o computador na tomada e liguei de novo. Eu estava indo desinstalar o jogo, excluir o Torrent e reformatar completamente meu computador. Todos os outros dados que se dane. Eu não ia deixar qualquer vestígio daquele jogo do demônio para trás.

Mas em vez de uma tela de log-in, o jogo apareceu novamente.

PORRA.

Eu estava de volta na cela. Eu vi a coisa rastejando nas paredes do lado de fora, como se estivesse olhando para mim. No chão, aos pés de meu personagem era uma nota. Antes de eu destruir meu computador completamente, eu fui ler.

A carta dizia:

"Neste mundo não há crianças. Você já esteve aqui, tempo após tempo e você nunca pensou sobre isso. Não há crianças. Ninguém fala sobre crianças. Alguém disse ter um filho? Ou uma filha? Ou ser o filho de alguém? Crianças não existem aqui. Mas deveriam. Como pode haver um mundo sem filhos? Eu sabia que isso tinha que mudar.

Então, eu tentei criar um menino. Eu tentei criar uma criança. Mas o que eu criei, não foi um lindo bebê como havia planejado. Foi uma abominação. Você não pode simplesmente criar uma criança em um mundo que não tem filhos. Eu queria que fosse tudo bem. Eu tentei criá-lo como uma criança, mas aquilo era um monstro. Ele quis o meu amor, mas ele me destruiu. Tentei amamentá-lo, mas ele simplesmente devorou minha carne como um animal. Ele quer amor, mas eu o prendi aqui. Ele pertence aqui. Ele não pertence no mundo. Ele nunca deveria ter existido."

Engoli de volta toda a bile subindo na minha garganta. Minhas mãos tremiam e estavam escorregadias com suor gelado, quando apertei ”Esc” para fechar a nota.

Quando eu fiz isso, a coisa estava lá. Enquanto eu estava lendo, ela me alcançou através das barras da cela e me agarrou. O meu personagem estava morto, encostado contra a cela, com metade de seu rosto faltando, como se tivesse sido mordido fora. A coisa, o monstro, estava lá, com seus longos braços envolvidos em torno do cadáver de meu personagem em uma compreensão amorosa. E ele estava olhando para mim. PARA MIM. Não o cadáver de meu personagem. Tudo o que posso lembrar é daqueles olhos. Como se fosse saudade. Ele estava com saudades de mim.

O jogo fechou. Pisquei algumas vezes, realmente não sei o que aconteceu. O jogo só fechou sem pop-ups ou indicação do que houve.

Desliguei o computador. Minha mente estava completamente em branco neste momento. Eu só estava aliviado que o jogo acabou, e nada mais importava para mim. Eu me arrastei para a cama e dormi.

No dia seguinte eu formatei meu computador, e depois o vendi e comprei um novo, para tentar esquecer esta experiência.

Por favor, não faça o download deste Torrent. Se você o fez, desinstale-o e livre-se de todos os vestígios do download. Ou se você quiser jogar, FIQUE LONGE DE UM ESQUELETO COM UM MANTO COBERTO DE SANGUE. Não quero que você sofra desta terrível experiência.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória