FANDOM


Sayumi ouve passos no andar de baixo, se agarra a seu ursinho em que deu o nome de Alex. Os passos param de repente. Suas irmãs e sua tia estão todas adormecidas. No quarto de Sayumi há três camas contando com a dela onde suas irmãs Yumi e Ayumi dormem tranquilamente sem notar os passos pesados no andar de baixo da antiga casa de sua tia que dorme no quarto ao lado. Logo começa uma garoa que vai aumentando até se transformar em uma chuva violenta cheia de trovoadas.

Yurei

Sayumi se levanta para fechar a janela, seus olhos se enchem de lágrima enquanto o medo toma conta de seu pequeno ser, ela tinha apenas 6 anos e estava sendo obrigada a sentir tal medo de forma tão intensa, talvez ela deveria checar o andar de baixo. Ela sai do quarto e fecha a porta se dirigindo em direção ao primeiro degrau da escada. 

Os passos continuam, Sayumi pode ouvir o barulho de uma mesa sendo quebrada no andar de baixo - Titia? - abraça seu ursinho perguntando esperançosamente achando que poderia ser sua tia bêbada na calada da noite, mas não era ela. Sayumi sai do primeiro degrau e ascende o interruptor do corredor do andar de cima dando visão da porta dos quartos, ela engole a saliva e desce a escada lentamente, Sayumi vestia um par de meias e uma camisola até o joelho. 

Os barulhos pararam, Sayumi parou no quinto degrau e observou a criatura. Usava vestes brancas, tinha a pele pálida, cabelos negros e desgrenhados e a face desfigurada pela loucura, Os olhos de Sayumi se encheram de lágrimas mais uma vez. A criatura já fora citada nas histórias de sua tia. Quando seu tio desapareceu durante uma caminhada na floresta ao lado da casa, Ela começou a contar histórias sobre os Yurei’s criaturas cuja aparência batiam com a daquela criatura, Os Yurei’s eram conhecidos por paralisarem suas vítimas de medo com suas aparências e arrasta-las para os confins da floresta e estupra-las, tortura-las, mata-las e devora-las. Yurei’s era criaturas que passavam fome constantemente fome de carne humana, cada glóbulo do sangue humano despejado no estomago desta criatura era satisfatório, mas não apenas carne humana mas também dor, agonia, medo e como se não bastasse...As vítimas eram geralmente garotinhas perdidas na floresta.

Sua tia sempre dizia que os Yurei’s devoraram seu tio dentro da floresta, devoraram até mesmo os ossos por isso ninguém nunca encontrou seu corpo. Agora ele estava ali para leva-la.  

Sayumi se escondeu atrás do sofá. O Yurei faminto subiu as escadas, em suas mãos correntes e quatro ganchos enormes e enferrujados, conforme subia lentamente cada degrau sua boca salivou e ele finalmente chegou a porta de seu quarto.Um grito de dor se instalou no quarto de Sayumi e suas irmãs. Sayumi saiu de seu esconderijo e correu até o quarto e olhou pelo canto da porta a cena, A visão era horrenda, sua irmã Ayumi estava com um gancho fincado na garganta, o corpo sem vida jogado na cama transformando os lençóis brancos em vermelhos. A criatura segurou sua irmã mais nova Yumi pelo pescoço, que se sacudia desesperadamente o Yurei fincou o gancho na barriga de sua irmã, impotente Sayumi assistia a cena horrorizada e se escondeu no corredor, a criatura se dirigiu até o quarto de sua tia e ela foi seguindo sorrateiramente o Yurei.

Mais um grito agonizante naquela casa, Sayumi abraçou seu ursinho e caminhou lentamente até a porta. O Yurei com apenas um gancho em suas mãos disse sua primeira palavra.

- Eu estou te vendo, não adianta se esconder.

História por: Nataly Rose

Yurei

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória