FANDOM


Pois é, voltei. Sem muitas delongas, vamos para creepy.

Eu era uma menina solitária, o ano era de 1996, no dia 16 de Dezembro. Minha família estava preparando algumas coisas para o Natal, foi quando me ligaram. Era o meu amigo, Adam, falando sobre um tal baile de final de ano. Ele tava me convidando, mais eu rapidamente neguei.

"Não, claro que não! com quem eu vou?"

Adam: Hm..você ainda não pensou nisso?

"Você acabou de me pegar de surpresa com essa noticia ¬¬"

Adam: Desculpe. Olha, se vista, e venha para o baile, quem sabe você encontre alguém sozinho. O baile acontece ás 21:00. Tchau."

"Tchau."

Eu não sabia como que roupa eu ia, então escolhi a que mais usava. Uma roupa preta, com uma calça rasgada. Eu sai de casa e fui para o baile, chegando lá, encontrei Adam.

Adam: Que diabos de roupa é essa?!

"Quer falar baixo! vai me fazer passar vergonha!"

Adam: Desculpe, vem, vamos entrar.

Ficamos sentados o tempo todo. Adam estava falando com amigos, enquanto eu estava sozinha. Foi quando chegou o momento que eu mais queria que não chegasse, a dança.

21:46

Adam tinha seu par, eu não. A dança começou, e eu ainda tava sem par, as pessoas olhavam pra mim e eu me sentia envergonhada, foi quando um menino estranho chegou.

Menino: Oi, você...tá sozinha?

"Tô..."

Menino: Você quer dançar?

"Não sou muito boa para dançar, mais tudo bem"

Eu aceitei para não ficar sem par mesmo. Enquanto dançávamos, eu reparei nos olhos dele, era negros, eram negros e muito profundos, sentia que eles estavam me hipnotizando. Eu notei que os pes deles não tocavam no chão, parecia que...ele estava flutuando, não, pode ser coisa da minha mente. Eu comecei a me sentir desconfortável, mais eu não liguei. Perguntei a ele o seu nome, ele disse, com um tom estranho.

EIDSAN...FELLIPS...

Eu respondi a ele com um tom irônico

"Tudo bem, Eidsan...Fellips...hahaha. Meu nome é Carol."

Parece que ele não gostou muito da brincadeira, ele rapidamente fechou seu rosto, e eu não queria saber o motivo.

No final da festa, ele me ofereceu Carona, eu cheguei em casa, agradeci a ele, e entrei. Cheguei no meu quarto, abri meu facebook, e vi algo que me assustou muito. Uma postagem da minha vizinha que dizia;

Hoje, faz 2 anos da morte do meu querido Eidsan, ele morreu de parada cardiorrespiratória em um baile. Exatamente, as 21:46, do dia 16 de Dezembro. Fique em paz, anjinho.

Eu desliguei meu notebook, e tentei dormir, mais eu não consegui, pensando naquela cena, eu dançando, com um morto.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória