FANDOM


Dia chuvoso, noite escura, momentos de solidão...

A chuva amiga da amargura, sentimentos de abandono

Minha alma chora por esta perda, sangue foi derramado

Sozinho, sem amigo, sem vida, escuridão...

A noite cai como uma tempestade que nunca passa

Meus olhos lacrimejam, observando o tempo imóvel 

Assim a vida continua...

No amor da minha eterna angústia

Haverá dias de choro, de agonia

Porque humano sou, e a morte me aguarda

Corações partidos, doces lembranças de uma vida que passou

E a vida continua...

Chuva-janela










Promatram te

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória