FANDOM


Na Coréia, muitos estudantes são forçados pelos pais a estudar MUITO, e fazer faculdades com notas perfeitas. não é nada incomum para os estudantes voltarem a escola a noite para um estudo extra mais que necessário para passar.

Uma noite, essa garota voltou a escola para estudar com um grupo de estudiosos, melhor dizendo "nerds". a sala deless era a única com as luzes ligadas em toda a grande construção da academia, (imagine uma escola bem grande.) luzes que fracamente invadiam os grandes corredores.

Bem no meio de seus estudos, ela resolveu tomar uma pausa, já que estavam no mesmo corredor do banheiro, mas mesmo assim um pouco longe.

(imagine um grande corredor, no final uma sala e no inicio os banheiros.) Foi ao banheiro. Depois de fazer tudo que era necessário, Ela tomou o caminho de volta para a sala, quando de repente, viu um de seus amigos jogado no chão, sem vida no corredor.

Escutou um grito agonizante de menina em sua sala. temendo pelo pior andou devagar até a porta da sala de estudos e espiou.

Dentro, havia um fantasma de uma jovem garota, com seu rosto esmaecido e pálido. Ela já ouvira falar do fantasma antes. ela atacava estudantes a noite, em busca de seus olhos.

Ela continuara espiando, vendo a menina contando os olhos de cada vítima. ela continuava a contando os olhos, de forma estranha. ela parou do lado de um pobre amigo seu que estava na sala e contou:

- Um, dois, um dois...

E pegava os olhos da vítima a seguir.

Sem tempo, já que ela já estava se virando lentamente, e sem poder correr, resolveu se pintar com sangue do colega no corredor e se juntar á ele, rezando para que o fantasma visse os cadáveres e fosse embora.

A fantasma parou, se aproximou do amigo morto no corredor , e com sua voz suave disse:

- Um, dois, um dois...

E se ouviu um som horrivel de estalo nesse momento.

Então ela parou de novo.

Agora parecia que ela foi embora, um silêncio mortal. mas a garota ainda prendia a respiração e não abria os olhos, com medo do perigo que estava a frente.

depois de de muito tempo, não consiguia mais prender a respiração e abriu os olhos, não via nada, ficou mais sossegada.

Atrás dela, a fantasma, com seus dedos pálidos e frios, pegou em seu rosto, e com a voz suave disse:

- Um, dois, um dois...
12 12.jpg



(OC Criada por Akkain)

(Inspiração: contos coreanos e cherrybell <3)

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória