FANDOM


Quando todo o amor sumir

E quando toda ferida estourar.

Eu estou a cair.

Em cima deste lugar.


Você vive alegremente

Dia após dia.

Uma vida decadente.

Nunca existiu alegria.


Você disse que escutou.

O demônio te chamar.

Aquela criança enterrou.

Tentando justificar.


Um erro só seu.

Um erro seu. Aceite isso.

Esse meio tu escolheu

Implore uma vala no seu paraíso.


Estou morrendo e estou farto.

Enquanto você mente.

em pedaços me despedaço.

No asfalto negro e quente.


Quantas vezes você falou:

Para eu perdoar

Enquanto vejo que isso falhou

Você está pra comemorar.


Emprego na quarta.

Comida na mesa.

O inocente na vala.

E ainda quer que esqueça.?


Me veja cair!

Me veja te escarniar.

Me veja cair!

Me veja despencar!


Enquanto a ferida.

Podre a brotar

No coração, esquecida

Te faz lembrar;


Daquela criança morta

Que nunca o fez chorar.

Daquela malicia torta

Que o fez executar...


A coisa Mais hedionda que vi.

E calado fiquei até agora.

E por fim caí.

Esperando que morra!


Me assista queimar.

No seu inferno imaginário

Que veio lhe assombrar,

Beije seu sujo rosário.


O pedaço de carne que sobrou,

daria um ótimo jantar.

Como você á tempos começou

Com aquela criança a desmembrar.


E só lhe sobrou cair.

cair.

cair

cair

cair 

cair.





Parabéns. Você chegou ao vazio


(OC de CherryBell)

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória