FANDOM


CREEPYPASTA: BRING ME THE DARK

Hqdefault-1

Meu nome É Jeffrey, tenho 15 anos e estou me mudando da casa dos meus pais na próxima semana. Economizei dinheiro de numerosos empregos a tempo parcial, então eu tenho certeza que tenho o suficiente para viver enquanto procuro um emprego na região em que irei me mudar. Meus amigos decidiram fazer uma festa, isso é uma péssima notícia para mim, pois eu sempre serei convidado, e não importa o quanto eu insista, eu sempre vou acabar indo. Mas dessa vez, foi tudo diferente. Ouvi uma conversa entre eles, dizendo que iriamos acampar em uma floresta assombrada. Eles sabem que tenho medo desse tipo de coisa, é tão... terrível. A floresta que iriamos acampar é chamada apenas de Kisimura. Há boatos ruins sobre essa floresta, como uma série de estranhos acontecimentos, pessoas desaparecidas, corpos decapitados, fantasmas, e tudo que você imagina de bizarro. Era uma festa totalmente feita para mim, que tinha medo desse tipo de coisa. Sai da minha casa ás 20:00, quando começava a escurecer. Eu tenho medo de fantasmas e coisa assim, mas eu gosto do escuro é da calma que ele traz. Apenas 2 ruas antes de chegar a floresta, meus amigos, dark e sua namorada lena, evil e cristy estavam me esperando no final da rua. Eles vieram correndo em minha direção, como se estivessem ansiosos para alguma coisa. Eu meio que assustado, começo a fazer perguntas a eles;

Jeffrey - Que porr* é essa? Lena - Cale a boca e não faça perguntas. Vamos logo! Dark - Você chegou muito tarde cara. Jeffrey - Já são 20:05, era para eu chegar ás 20:00. Dark - Tanto faz, e atraso. Cristy - Chega de conversa, vamos.

Quando chegamos ao portão principal de entrada a floresta, Dark perguntou; Dark - Está pronto? Jeffrey - Para oque? Lena - VAI ENTRAR OU NÃO?! Jeffrey - Vou vou calma ai mãe, ou digo Lena.

Entramos na floresta. O bosque estava tão denso, porque as árvores eram firmemente embaladas. Eram em fileiras, brilhantes e ao mesmo tempo estranhas. Como se uma mão perfeita tivesse construído aquele lugar. Começamos a caminhar, e após 30 minutos chegamos a uma clareira. Vimos a lua perfeitamente, um brilho incrível e deslumbrante. Evil, que finalmente soltou uma palavra em todo o percusso, deu a ideia de montarmos as barracas nesse exato lugar. Fizemos uma fogueira e sentamos ao redor dela, todos começaram a beber bebidas fracas, mas que dão o mesmo efeito da bebida original. Evil foi o único que não se juntou a nós, ele não saia da barraca. Dark um pouco bebado, começou a zoar Evil;

Dark - Oh evil, você nunca vai aprender a ser um homem de v-verdade dentro dessa....desse Dinossauro.

Lena - Evil sai de dentro desse Tiranossauro.

Jeffrey - Vocês são loucos...

22:30, havia embalagem de alimentos e latas de refrigerantes por todo o lugar. A gente não se importa em limpar, afinal, quem diabos visitaria aquele lugar? NÃO RESPONDA. Depois de alguns minutos, Evil sai de dentro da barraca e todos gritam "AEEEEEE!". Mas não era para se juntar a nós, ele disse que estava apertado. Dark, ainda bebado, disse "Você vai mijar ou vomitar?". Eu vigiava evil de longe até virar para o lado para conversar com Cristy. Quando voltei a olhar para o mesmo lugar onde evil havia ido, ele não estava mas lá. Pensei em comentar com Dark, mas ele estava totalmente burro por estar bebado. Então comentei silenciosamente com Lena e Cristy, elas iriam contar a Dark oque houve depois dele passar desse estagio de suprema idiotice. Eram 11:17, começamos a realmente ficar preocupados com Evil. Eu faço uma pergunta então;

Jeffrey - Então... Dark - Então oque? Jeffrey - Quem vai procurar Evil? Dark - ... Lena - ... Cristy - ... Jeffrey - Hey, porque vocês estão olhando pra mim? Jeffrey - Ah não não não não não não, eu não vou me meter dentro dessa floresta de jeito nenhum. Lena - Você e o mas estranho de todos nós, acho que essa floresta combina com você. Jeffrey - Tá bom tá bom, mas vou logo avisando que eu não vou muito longe.

Eu comecei a afastar-me dos outros caras, em mãos eu só tinha uma lanterna. Após 26 minutos, que para mim parecia uma eternidade, encontrei manchas de sangue no chão junto ao colar de Evil.

Jeffrey - Pulta quiu pariu. Primeiro evil agora eu que vou tomar no c* com essa merda de floresta.

Agora eu sei que, infelizmente, Evil foi ferido por algo. Mas de maneira nenhuma, eu deixaria meu amigo sozinho com a tal "coisa" que o pegou. Eu começava a ficar mas preocupado e cada vez mais paranoico, não só por ele, mas por mim também. Comecei a andar com passos mas rápidos, focando a lanterna em todos os cantos. De uma coisa eu sabia, eu tinha que encontrar Evil e rápido. Foi quando em cima de uma árvore quebrada, eu encontrei Evil, ou pelo menos oque restava dele. Seu cadáver pendurado em um tronco, seus olhos haviam sidos arrancados, e seu braço direito estava totalmente virado em 180 Graus. Eu vomitei na hora, e comecei a chorar logo após. Eu vasculhei mas um pouco o local, é, no chão próximo ao corpo, encontrei uma mensagem escrita com sangue.

"Corra enquanto é tempo"

Isso não foi para ele. Não, não foi para mim, foi para nós. Eles sabiam que um de nós iriamos atrás de Evil. Então, dando passos lentos para trás e olhando o corpo de Evil, eu corri. Eu corri o mas rápido que pude, sem olhar para trás. E quando cheguei a cabana, notei que o fogo estava mas baixo que o normal. NÃO! Isso não é real, atordoado eu comecei a chama-los "Cristy, Dark, Lena! Evil está morto, temos que sair daqui! Eu estou vendo coisas, me ajudem!" Foi quando vi Dark, ele gritou pelo meu nome e eu me aproximei dele. Perguntei onde estão os outros, ele me respondeu algo que me deixou maluco.

Dark - Elas foram atrás de você, pois você estava demorando muito. Elas pediram então eu deixei. Jeffrey - VOCÊ OQUE?! EVIL ESTÁ MORTO E VOCÊ AINDA DEIXA AS MENINAS SAIREM ASSIM? QUAL SEU PROBLEMA SEU IDIOTA! Dark - Calma cara relaxa se ta estressado. Veja como vou provar que essas "coisas" são "coisas" da sua cabeça.

Então como um idiota, ele se aproximou de uma criatura negra, onde só podia identificar seus olhos brilhantes e sua boca melada de sangue. Foi quando eu vi que a criatura puxou uma faca, eu gritei e tentei avisar Dark "DARK SAI DAI!" Então tudo começou a ficar mas escuro, e tudo que eu podia ver era eu, segurando as pernas de Dark, pois a criatura estava tentando puxa-lo. Eu senti que mas uma "coisa" ajudou a outra criatura a puxar Dark. Eu sem forças deixei-lo ir. Eu comecei a socar o chão e a gritar descontrolavelmente "NÃO!". Foi quando eu ouvi sons que eu nunca ouvi na vida, Gritos de dark de agonia misturado com sons de ossos quebrando, carne rasgando e o som do farfalhar de folhas. Fiquei aterrorizado, e novamente comecei a correr. No caminho, encontrei Cristy e Lane e, a única coisa que eu disse foi, "CORRAM! CORRAM! Eles estão vindo!" elas sem pensar muito começaram a correr junto a mim.

As criaturas começaram a se aproximar, e para meu azar, eu era o mas devagar entre Lana e Cristy. A criatura começou a me cortar pelas costas, apenas raspando, mas eu ainda podia correr. Parecia que estávamos correndo a dias, e por um golpe de sorte, encontramos uma estrada de terra. Isso nós levou até uma saída. E quando saímos, Cristy e Lane me abraçaram. E decidimos não contar essa história para ninguém. Eu entro na minha casa, faço coisas básicas e deito na cama. Afinal, estou vivo, mas cansado. Foi quando após alguns segundos quando deitei, recebi uma ligação, era Cristy. Dizendo que Lane havia entrado novamente a floresta, sem pensar deixei o telefone cair no chão e fui correndo até o portão daquela maldita floresta. Quando cheguei, cristy não estava lá. Eu entrei rapidamente na floresta novamente e...eu...encontrei o corpo das duas garotas mortas. Então eu olhei pro céu, lagrimando, as "coisas" começaram a se aproximar de mim. Sem forças, disse aquelas que seriam minhas últimas palavras;

Eles...e-estão...todos mortos... aqui. Então eu começo a gritar, gritar com lagrimas caindo de meu rosto...até que...fui atacado. Acordo internado em uma clínica, perguntei a minha mãe, que estava ali a minha frente.

Jeffrey - Onde estão Cristy, lane, Evil e Dark? Mãe - Eles sumiram a algumas semanas. Fique calmo, eu também estou preocupada.

Dois dias depois eu saio daquela clínica, com um rosto fechado e com uma expressão séria, eu olho a aquela floresta e penso. "Aguardem-me, um dia vou voltar. E com uma mente totalmente aberta a vingança. Eu vou me vingar de todos vocês, pois mataram as pessoas mas importantes da minha vida."

AUTOR: JEFFREY

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória