FANDOM


Você com certeza já viu essa maravilhosa criação de Monteiro Lobato, mas o que você nunca viu foi a inspiração para esta série de livros e, mais tarde, uma série de TV.

História Real

Lá entre o final do século XVIII e início do século XIX, uma garotinha de nariz arrebitado, ela adorava ouvir as histórias que sua avó contava sobre cavaleiros e seres mitológicos. Já que não tinha amigos, pediu para a escrava de sua avó (lembrando que naquela época era normal ter escravos, então não me julguem como racista por isso) para lhe fazer uma boneca. Após ter seu pedido atendido, botou-lhe o nome de Emília, e as duas brincavam muito.

Dias depois, o primo da garota foi pra fazenda, a que a garota morava, de férias. A garota não gostou muito, já que seu primo era muito maldoso, ficava imitando monstros e dizendo que a Cuca morava debaixo de sua cama para, de noite, enquanto a garota dormia, a Cuca lhe devorar. No mesmo dia, a garota ganhou um diário, onde ela anotava todas as suas aventuras com Emília, inspiradas pelas histórias de sua avó, e, também, todos os seus pesadelos causados pelo seu primo.

Por causa de sua apegação com a boneca, e pelas maldades de seu primo, a garota começou à chamar a atenção de demônios, vários deles possuíram a Emília, que era o objeto que ela passava mais o tempo.

A partir daí, os pesadelos tornaram-se mais frequentes. Toda a noite ela tinha, no mínimo, um, e isso dava mais forças aos demônios dentro de Emília, que causava mais pesadelos na garota.

Passando um tempo, o primo da garota começou, também, a ter estes pesadelos. Os pesadelos continuaram até o ponto deles não dormirem mais de tento medo.

Com o tempo ela ficava vendo a Emília andando e falando.

Com o passar do tempo, o sorriso de Emília, que antes era discreto, passou à ficar notável, mais psicopático, e mostrando uns dentes pontiagudos.

Depois de algumas noites a mais de pesadelos, Emília começou a falar também com o primo da garota, eles já não sabiam se estavam dormindo ou ainda acordados.

Até que, em uma noite, a boneca de Emília disse:

- Vocês irão morrer em amanhã. Fação bom proveito do que lhes restam! Hahahaha!

No dia da data da prevista morte dita pela boneca de pano, Emília, a garotinha de nariz arrebitado e seu primo foram achados afogados em um riacho, sendo devorados por peixes, e a Emília, sorrindo a beira do riacho.


Alguns anos mais tarde, Monteiro Lobato achou o diário da garota e o utilizou com base para criar o famoso Sítio do Pica-Pau Amarelo.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória