FANDOM


Eu era um vigia noturno na Islândia, tinha problemas cardíacos, mas não importava para mim. Naquele dia, meu patrão brigou com a esposa, e chegou muito irritado em casa. mas ele não desconto em mim é claro, ele apenas suspirou e disse:

Ahh, vamos entre.  

Chegamos na cozinha, ele começou a cozinhar uma comida típica da Islândia. Ele, de tão estressado, acabou derrubando sal na beira da porta.

- Merda. disse ele

O Senhor quer que eu limpe? disse eu

- Não tudo bem, deixe aí.

Finalmente ele me fala o que me deixou alegre, eu iria ficar de olho nas novas câmeras que ele instalou, pois ele tinha contratado um porteiro.

- Ahh, tô sem fome, você pode comer isso.

Obrigado.

- Agora, suba essa escada, você verá sua sala logo a esquerda, tranque a porta, para não correr perigo.

Sim, obrigado, boa noite.

Subi a escada e entrei na minha sala, ahh, devo dizer que era bem elegante, então eu apaguei as luzes, era exatamente 1:06 da manhã.

- Ei, passe a chave por de baixo da porta, para maior segurança, e privacidade minha.

Passei a chave, agora eu estava trancado, mas eu me sentia seguro com isso.

Eu fiquei de olho em tudo, mas quando chegou as 3:00 eu apaguei, acordei as 3:08, eu olhei a câmera do porteiro, ele estava tomando um café, provavelmente para ficar mas acordado e vencer o sono. de repente, ele pega a lanterna e vai para os fundos da casa, ele tinha visto alguma coisa. eu olho para as câmeras do fundo, eu não vi mas o porteiro, "Que merda". logo, tomo um susto, tinha uma coisa, a sua blusa era preta, sua calça estava rasgada e tinha algumas feridas, ele olha pra câmera, a cara dele era totalmente branca, ele olhou para mim, parecia que ele estava realmente cara a cara comigo, ele sorri, um sorriso medonho estampa seu rosto. fazendo com que meu corpo travasse, ele tenta entrar na porta dos fundos, lá estava a cozinha, mas alguma coisa afasta ele, ele vê outra porta, era a de entrada, ele consegue arrombar! "Puta merda" disse eu, tentei da um zoom na cara da coisa, mas ele novamente olhou para a câmera, sorrindo, só que dessa vez, eu vi seu olho, ele tinha pupilas amarelas, e esclera preta. eu rapidamente ativei o som das câmeras, eu ouvi sua respiração alta, ele começa a rir, uma risada macabra soa... de repente, ele grita tão alto, que eu...

Eu não estava conseguindo dormir, ainda mas por ouvir um grito lá em baixo, estava irritado, tinha brigado com minha esposa, tudo que me deixa feliz agora, é meu filho. derrepente a porta bate, 3 batidas, Toc...toc...toc. Eu tomei um susto, pois ninguém tinha a chave, nem o porteiro, é o vigia estava trancado, "Quem é? Toc...toc...toc. meu filho vira para o outro lado, aparentemente estava desconfortável com o barulho da porta. Toc...toc...toc, essa foi a última para mim, descidi destrancar a porta, pois eu queria apenas paz, ao abrir, eu finalmente... tive a paz que eu queria.

Relatório da Policia: Após várias reclamações de vizinhos que relataram um cheiro estranho, vindo da casa dos Albers, a Policia finalmente invade a casa, 3 Pessoas foram encontrada mortas, uma morreu por infarto, mas 2 pessoas foram encontradas, esfaqueadas. segundo os vizinhos, também havia um novo porteiro trabalhando ali, mas ele nunca foi encontrado.

20140508003349sem ttulo

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória